Chapati, pão árabe

chapati

Para variar na hora do lanche, de uma refeição que pode ser mais leve ou não. Isto porque o chapati pode ser recheado com várias opções, de carnes,molhos ou até mesmo geleias. A receita é bem simples, tradicionalmente leva :

Farinha
Água
Sal ( é possível fazer sem)

Quantidade, olhômetro, normalmente á água morna (fica mais fácil trabalhar) é 1/4 do volume da farinha, mas pode variar. A massa é tende ser um pouco mais seca que a de pizza. Há opções que levam gordura vegetal, manteiga e até mesmo fermento. Porém o grande segredo está no sovar muito bem a massa, para que assim tenha uma boa liga.

Descansar 20 minutos, coberta com um pano limpo, após isso dividir em bolas, que serão abertas e moldadas, após isso assada em frigideira ou chapa bem quente, não precisa untar.

Praticidade e sabor, daquelas boas receitas acessíveis a bolso e talento.

 

 

 

Seis passos para um cabelo lindo

cabelo lindo

Para um cabelo lindo e brilhante é necessário estar saudável, acredito nisso, igual a pele, a hidratação é de dentro para fora também, a falta de vitaminas e minerais serão prejudiciais também as madeixas, que podem ficar mais quebradiças e sem vida. Tome água e coma bem, evite o stress e cuide-se sempre que necessário.

Hidratação, não é só a marca, mas também a composição, e o tipo de “vida que tem”, se usa muita química, descolori, seu cabelo vai ter mais necessidade se você tem um visual mais natural. Assim também é o contato com poluentes, como fumaça, água de piscina e do mar e outros agentes externos que influenciam na vida dos cabelos. Ter noção da necessidade dos seus cabelos é importante, um bom profissional vai lhe garantir melhores produtos, que nem sempre é o mais caro.

Evite muita interferência externa, muitas alterações químicas nos fios vão deixá-los mais frágeis. Às vezes, o menos é mais, e quanto mais natural melhor. Produtos naturais como óleo de coco, abacate, banana, soro de leite são alguns ingredientes que podem melhorar os aspectos dos fios, assim como o vinagre de maça e bicarbonato, que em conjunto e utilizado, de maneira certa, podem ter função de uma shampoo anti-resíduos.

Chapinha, baby liss, curls e secador devem ser usados com moderação e responsabilidade, em vez do silicone que pode deixar o cabelo quebradiço, use termoprotetores à base de óleos naturais, que hidratam e protegem os fios do calor excessivo.Deixe o cabelo secar naturalmente, isso ajuda na recuperação capilar. Preferível usar um shampoo à seco às vezes.

Sabe pentear as madeixas? Comece o desembaraço das pontas para depois chegar a raiz, tenha cuidado para não arrebentar os fios. Use produtos que possam auxiliar no penteado, em caso de cabelos crespos ou que estão mais danificados. Prefira escovas ou pentes adequados para o seu tipo de cabelo, com cerdas específicas para proteger o seu cabelo.

Nada de fórmulas perfeitas, shampoos bombas, fórmulas milagrosas e produtos de uso veterinários, tenha cuidado no uso de substâncias que podem ser nocivas não só a saúde do seu cabelo, mas do seu corpo como todo. O bom cuidado vai deixar o cabelo mais forte e pronto para crescer saudável. Lave adequadamente, hidrate, corte sempre para que no fim, tenha fios lindos e sedosos.

 

 

 

Todos os meses como janeiro

O ano novo sempre traz um ar de renovação, de mudanças e novas perspectivas. Hábitos que queremos conquistar e outros quais desejamos não ter mais em nossos dias. Não vejo a mudança de ano como algo mágico, mas gosto de me organizar, principalmente quando aspiro mudanças.

Entre as promessas mais buscadas está de fato fazer exercícios. Talvez a mais cobiçada está em malhar, conquistar o corpo de verão ou mesmo ter mais saúde. A mudança é bem-vinda. Esporte e saúde. Pesquisas cada vez mais apontam a necessidade de movimento para o bom andamento do corpo humano. O sobrepeso e o sedentarismo está entre o mal do século.

Ir para um academia nem sempre é o caminho, é de fato o mais recomendado, a orientação profissional é fundamental, principalmente de quem nunca praticou exercício com regularidade e também de quem está longe há muito tempo de uma prática esportiva. Mas em tempo de crises e também de horário na agenda, exercitar ao ar livre ou em casa é uma solução, melhor não ter desculpas!

Algumas opções

Andar de bicicleta
Fazer caminhada
Passear com o cachorro
Uma série de exercícios, em muitas opções dispostas na Internet.

TREINO EM CASA

 

O pouco é muito, 30 minutos de exercícios no cotidiano pode ser uma revolução aos seus dias. Troque o carro por alguns percussos a pé, busque atividades de lazer e inclua no dia-a-dia, como vôlei, futebol e até mesmo brincadeira com as crianças ( que não seja um mero jogo eletrônico).

 

Comida boa e comida de verdade

A máxima tem sido repetida por especialistas. Comida de verdade, a mais natural possível, e o menor consumo de industrializados, farinha branca, açúcar e sal pode revolucionar seu corpo. Opte por refeições mais saudáveis, além de mais barato é menos toxinas para o seu organismo. Não é comida light que emagrece, é alimentação saudável junto a boa prática de exercícios. E o resultado só aparece com a continuidade, mexa-se e alimente-se bem de janeiro a janeiro, para uma boa vida.

Coma bem, se alimente para a boa nutrição do seu corpo, saladas, frutas e verduras, bons carboidratos, carnes, ovos e gorduras saudáveis. Organize-se para isso, faça porções de frutas e alimentos para serem consumidos durante um dia de trabalho por exemplo, e fique longe de bolachas e outras guloseimas como rotina.

Evite e não use temperos e outros preparos ultraprocessados, como comidas prontas e congelados muito disponíveis na prateleiras. Abuse de bons temperos naturais (ervas naturais) para substituir o sal. E beba muito líquido, água, chás e suco (natural).

E dia-a-dia cria-se uma vida bem mais leve e principalmente, saudável.

 

Bolo bolacha by Portugal

bolo bolacha (2)

Ingredientes

4 gemas
125 g de manteiga
250 g de açúcar (peneirado, de preferência)
2 pacotes de bolacha Maria
Café forte
Coco ralado (ou bolacha ralada)

Faça um creme com as gemas, o açúcar e a manteiga.
O primeiro passo é molhar uma a uma as bolachas num café bem forte ( ele não pode estar quente, porque quebrará as  bolachas). O café pode ser substituído por leite ou mesmo suco. Tradicionalmente é usado o café.Bata as gemas, o açúcar e a manteiga até ficar uma mistura cremosa
A bolacha deve ser colocada em camadas em um prato, formando uma flor, intercalada com creme. A cobertura vai por último, e pode ser polvilhado a bolacha. Esta cobertura pode ser substituída por calda de chocolate ou mesmo coco ralado. Tradicionalmente é utilizada a bolacha.

 

Pé de bebê confortável

Mesmo com dicas que na hora do enxoval não é preciso investir muito em sapatos, parece que é uma dica não seguida por pais. Até sei o motivo, os modelos são fofuras máxima. Eu tenho por gosto pessoal, os itens mini hominhos. Já recém nascido os pequenos já tiveram modelos de tênis, sapatos mais sociais, além das pecinhas de tricô e meias. Porém o conforto sempre foi algo primordial. Não é justo ficar lindo, porém colocar em risco o bebê ou com uma peça que o machuque.

O modelo do sapato tem que se adequar com o desenvolvimento do bebê. Acompanhar as necessidades do desenvolvimento é tão importante, quanto deixar seu pequeno mais bonito. Sapatos macios e molinhos para os primeiros meses. Não há tanto a necessidade de um solado. O clima também deve ser observado. Modelos tipo meias decoradas podem fazer a vez dos calçados.

Quando engatinham bebês precisam de sapatos que não o atrapalhem a se locomoverem. Andar para um lado e outro, sem que o calçado saiam do pé. Nos primeiros passos a necessidade de um bom solado e o conforto que não atrapalhe a marcha da criança. É importante que eles sintam firmeza no caminhar, até para evitar problemas futuros. Solados firmes, porém que traga a criança a sensação de estar com os pés no chão.

Alguns modelos preferidos por aqui

Tip Toey Joey, o preço pode ser um pouco mais caro que outras marcas de sapatos, porém é um dos melhores modelos do mercado. Traz a criança o conforto necessário e a segurança de um calçado que fixa bem, e que também facilita muito na hora de calçar.

 

Modelos da Kea, também tem qualidade similar e modelos lindos.

Marcas nacionais como Ortopasso, Kidy, Tigor, Pimpolho, Pampili tem desenvolvido calçados para atender as necessidades dos pequenos. Importante é ver as necessidades da criança, assim como característica do próprio bebê, formato do pé mais gordinho ou mesmo mais fino. Alguns modelos não servem para uns e são ótimo para outros. No meu caso é Crocs, por aqui não foi uma boa escolha, assim como Havaianas.

E o próximo teste, já prevendo o tempo mais chuvoso, as galochas da Melissa, que também tem modelos para bebês meninos.

melissa galocha