Irish Potato Candy

docinho

A batata que não que é inglesa, nem irlandesa, porém com origem nas Américas, é parte de pratos tradicionais em vários países europeus. Porém o docinho de coco, no formato de batata faz parte do menu no dia de Saint Patrick’s Day e tem tradicionalmente uma versão que pode ser uma opção mais saudável de doces, para o cotidiano e festinhas.

1 pacote de 250g de coco ralado fino ( sem açúcar)
leite condensado (pode ser de soja, suficiente pra massa ficar “enrolável”)
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de sopa de amido de milho ou farinha de arroz

Coloque o coco em uma tijela e adicione o leite condensado aos pouquinhos, apenas o suficiente para a massa ficar enrolável (mais ou menos meia lata). Amasse até ficar uma massa uniforme. (É por pouco tempo, essa massa é bem fácil.) Leve à geladeira por pelo menos 1 hora.Enrole em formas semelhantes a batatas.Misture a canela e o amido de milho.Passe as “batatinhas” na mistura de canela.

Fácil que pode ser feito com e por crianças.

A receita também é  feita com cream-chease e manteiga.

 

Wrap Caseiro

wrap 1

Para seguir a perspectiva de comer mais comida de verdade, eu e minha família, testei estes dias esta receita. Bem parece a receita de chapati, porém o segredo está na textura da massa que é um pouco mais seca e quanto mais fina a abertura melhor. Ótimo para os lanches e dá para incrementar com recheios doces e salgados, compor lancheiras dos adultos e da crianças.

A farinha utilizada pode ser a de trigo, a de aveia ( que dá para substituir bem em quase todo tipo de receita), ou outra integral e nutritiva, como farinha de grão de bico.

Massa

300 gramas de farinha
100 mL de água
1 pitada de sal (use se quiser)

Coloque a farinha, misture aos poucos a água (sempre faço com água morna). Amasse bem, divida as bolinhas, amasse e abra a massa bem fininha.

Quer variar, você pode acrescentar nas massas legumes ralados, bem fininhos (não esqueça de tirar bem a umidade para não alterar muito o sabor. Couve, rúcula e cenoura, testei com a cenoura, resultado wrap colorido.

Asse na frigideira, não é necessário untar, depois é só rechear. Nunca foi tão fácil, na verdade muito mais fácil e gostoso que abrir pacotes.

Recheio, pode ser com maionese caseira ( a nutritiva), cottage ( que também é muito fácil de fazer em casa), molho de carne, frango e até opções com frutas e geleias.

Como diz por aí … substitua!

 

 

 

 

Chapati, pão árabe

chapati

Para variar na hora do lanche, de uma refeição que pode ser mais leve ou não. Isto porque o chapati pode ser recheado com várias opções, de carnes,molhos ou até mesmo geleias. A receita é bem simples, tradicionalmente leva :

Farinha
Água
Sal ( é possível fazer sem)

Quantidade, olhômetro, normalmente á água morna (fica mais fácil trabalhar) é 1/4 do volume da farinha, mas pode variar. A massa é tende ser um pouco mais seca que a de pizza. Há opções que levam gordura vegetal, manteiga e até mesmo fermento. Porém o grande segredo está no sovar muito bem a massa, para que assim tenha uma boa liga.

Descansar 20 minutos, coberta com um pano limpo, após isso dividir em bolas, que serão abertas e moldadas, após isso assada em frigideira ou chapa bem quente, não precisa untar.

Praticidade e sabor, daquelas boas receitas acessíveis a bolso e talento.

 

 

 

Bolo bolacha by Portugal

bolo bolacha (2)

Ingredientes

4 gemas
125 g de manteiga
250 g de açúcar (peneirado, de preferência)
2 pacotes de bolacha Maria
Café forte
Coco ralado (ou bolacha ralada)

Faça um creme com as gemas, o açúcar e a manteiga.
O primeiro passo é molhar uma a uma as bolachas num café bem forte ( ele não pode estar quente, porque quebrará as  bolachas). O café pode ser substituído por leite ou mesmo suco. Tradicionalmente é usado o café.Bata as gemas, o açúcar e a manteiga até ficar uma mistura cremosa
A bolacha deve ser colocada em camadas em um prato, formando uma flor, intercalada com creme. A cobertura vai por último, e pode ser polvilhado a bolacha. Esta cobertura pode ser substituída por calda de chocolate ou mesmo coco ralado. Tradicionalmente é utilizada a bolacha.

 

Torta de frango, saudável e gostosa

torta integral de frango

2 xícaras da mistura de farinha de trigo integral e aveia
3 ovos
½ xíc. de óleo de côco
1 pote de iogurte grego sem sabor (pode ser caseiro)
1½ xíc. de leite
Talos do brócolis (cozidos)
Tempero a gosto
Depois acrescenta 1 colher de sopa de fermento em pó e bate mais um pouquinho.

Em forma untada colocar metade da massa. Por cima o recheio (usei frango desfiado ao molho bolonhesa). Por cima acomoda o restante da massa. Pra finalizar queijo minas ralado, mais gergelim, e/ou chia.Pode ser feito em forminhas de silicone no air frye ou mesmo na máquina de cupcake.

torta de frango

5 Ovos
3 colheres de sopa requeijão light
3 colheres de sopa de Farelo de aveia
5 gramas de fermento (2 col. de sobremesa)

Molho
500g de peito de frango
2 colheres de sopa molho de tomate
1 Cebola grande
1 Tomate
Cheiro verde e temperos a gosto
Tempere o frango à gosto,refogue com tempero, cebola e molho
Para a massa, bata aos ovos, acrescente o farelo, o requeijão, por último o fermento
Coloque um pouco de massa, depois o recheio e por fim outro pouco da massa. Pode colocar queijo minas junto ao recheio

Molho de tomate “toste”

Na verdade o molho de tomate caseiro faz o diferencial nos pratos, até mais cotidianos, como macarrão de domingo ou as carnes da semana. Porém, o molho de tomate “assado” tem seu diferencial, fácil de fazer e que eleva o sabor de qualquer tipo de prato, até o mais simples dos sanduíches.

O processo é simples, três a quatro etapas, porque no final você pode  colocar o molho para reduzir, em fogo baixo, numa panela e ter ainda mais ganho de sabor.

molho tomate assado

Primeira etapa  é a escolha os temperos e bem os tomates ( acrescento a cenoura).Lave os tomates, corte-os, coloque lascas de alho, cebola, manjericão, salsa, azeite, sal e pimenta a gosto. Após isso levar a forno médio, tempo varia de acordo com a potência (calor) do forno e também o tamanho e processo de amadurecimento do tomate, de 40 minutos até mais. Após isso, bata no liquidificador. Você pode já usar o molho após o fim desta etapa, ou pode colocar numa panela e reduzir até que o molho fique ainda mais consistente.

tomate

tomate assado

molho pronto

Qual a diferença de sabor? Teste e veja, superior. O molho pode ficar na geladeira, com tampa até quatro dias, no congelador por mais tempo, porém sempre se preocupe em manter em porções individuais.

molho caseiro

Mais que um doce, português

A paixão pela terrinha é mais confessa, pela culinária não poupo elogios e tentativas na cozinha. Normalmente as receitas foram presentes de amigas,que são parte da minha família. E de todos os doces, confesso que não tenho eleitos, todos para mim tem seu lugar de destaque no paladar e em ótimas recordações.

Aletria – o doce saboroso de macarrão

aletria

A receita tradicional de uma família de Porto (eu acrescento baunilha também)

1 litro de leite (eu fervo com fava de baunilha)
300 g de açúcar
250 g de aletria (macarrão cabelo de anjo)
3 gemas batidas
Canela em pó

Colocar leite para ferver com o açúcar. Acrescentar o macarrão deixando cozinhar em fogo médio até amolecer. Retirar do fogo.Passar as gemas por uma peneira, dissolvendo com um pouco de leite, adicioná-las ao macarrão.Misturar bem, servir em compoteira e polvilhar com canela.

Pastel de Belém

pastel de belem

250 g de farinha de trigo
150 g de manteiga
1 gema
80 g de maizena
1 litro de creme de leite fresco
12 gemas
300 g de açúcar
Fava de baunilha (esta é opcional)

Coloque a farinha de trigo, coloque uma gema e água aos poucos para obter uma massa maleável. Coloque 50 g de manteiga, incorpore, abra a massa, amasse, dobrando e incorporando  mais 50 g de manteiga, repita a operação.  Abra novamente, espalhe a manteiga e enrole como se fosse um rocambole
Corte o rocambole em fatias de 2 centímetros de grossura.Estenda cada rodela no fundo de uma forminha pequena, forrando também as laterais com papel manteiga.
Recheio:
Numa panela junte a maizena, o creme de leite, as gemas peneiradas e metade do açúcar. Fava de baunilha. Leve ao fogo até ferver. Adicione o resto do açúcar,
mexa bem e leve à fervura novamente. Desligue e coloque sobre as rodelas de massa
Leve as forminhas ao forno médio preaquecido até que estejam bem sequinhas.