Passos para uma alimentação saudável do bebê

1 ano (2)

Dê somente leite materno até os seis meses, se não é possível amamentar dê fórmulas específicas com o desenvolvimento, não dê leite de vaca ou outro leite animal, e soja que podem ser prejudicial para o desenvolvimento intestinal e hormonal do bebê.

Não é necessário ofertar água, chás ou outros líquidos, se não leite para o bebê menor de seis meses, pois diminui a quantidade de leite que ele precisa.

A partir dos seis meses introduza alimentos complementares, de forma gradual, mantendo a amamentação e a fórmula infantil, se ele usar. Frutas, verduras, pequenas porções em intervalos.

Após o sexto mês dê alimentos complementares, cereais, tubérculos, leguminosas, frutas e legumes, três vezes ao dia. 2 papas de frutas e 1 papa principal, após alguns dias 2 papas de frutas e 2 papas principal ( almoço e jantar).

Bebês maiores de seis meses necessitam de cereais e tubérculos, hortaliças e frutas, carne e ovos, grãos. Não dê açúcar, alimentos industrializados (iogurtes,como danoninho, laticínios industrializados, cereais com açúcar – Mucilon e etc, sal e temperos industrializados – caldos prontos).

Ofereça a criança diferentes alimentos ao dia, variada e colorida, estimule a comer sozinha, ajuda na coordenação motora. A partir do sexto mês a criança tem capacidade de mastigar e ter defesa contra engasgos. Estimule a comer comida de diferentes texturas e principalmente, alimentos de forma distinta, ou seja, nada só de sopa, separe os alimentos para que ela reconheça sabores. Se a criança recusar a comer, ofereça novamente, ela precisa experimentar de 8-10 vezes pelo menos um alimento.

Não dê açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, pirulitos, salgadinhos e outras guloseimas, até os dois anos a criança está formando seu paladar, priorize alimentos naturais e nutritivos. Cuide bem da higiene, lave bem as mãos, frutas e verduras, ofereça sempre água fervida e filtrada para seu bebê.

Mesmo doente, ofereça alimento ao seu bebê, com o nascimento dos dentes use os alimentos como aliado,procure comidas que o ajude a coçar as gengivas, como frutas e legumes cozidos, dê alimentação líquida quando ele tiver dificuldades em mastigar. Não leve na brincadeira a refeição, como uso de desenhos, televisão e brinquedos,mas estimule que a hora do papa seja tranquilo e seguro, tanto para os pais quanto para os pequenos.

A boa alimentação previne doenças, por fortalecer o sistema imunológico, além de auxiliar no bom ganho de peso e no crescimento do bebê.

Fonte: Ministério da Saúde

“Comida de alma é aquela que consola…
dá segurança, enche o estômago,
conforta a alma,
lembra a infância
e o costume.”
Nina Horta, Não é sopa

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s