Olha que o tempo muda

paisagem

Que os dias passam, ligeiros como numa promessa
se faz luz, se faz cor
até em nuvens, por quê duvida?
se tudo se constrói, mesmo diante a pressa

As horas tem seus desenganos
de acerto e de alento nos ponteiros
Eis que o dia chega, dia bonito ou cinzeto
Em todo momento há vida, seja sorriso ou desalentos

Não é preciso muito, Deus já dá o bastante
Que vale a vida ao infinito
Tenha fé, somente acredite em dias, normais ou bonitos
Porque há de ter maravilha nesta semente gigante.

Fé, palavrinha bonita
Fé, mais que pó pirilimpimpim
Fé é certeza de Deus
Fé é paz infinita.

“Sabei, porém, que o SENHOR distingue para si o piedoso; o SENHOR me ouve quando eu clamo por ele.” Salmos 4:3, de quem faz poesia diante obras de Deus.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s