A crônica do tempo e seus ventos

tempo

Imagens de família para falar sobre o tempo. O tempo e suas relatividades, uma foto antiga nos surpreende como o tempo parece tão rápido, ontem seu bebê já era um menino, que dias passam e se tornam um rapaz. Ah o tempo deixa suas marcas, não só na pele, no cabelo, no sorriso. E tem seus traços. Mas que parece voar, em outra horas soa tão devagar. Dias de saudades o deixa gigante, assim como na ansiedade. 

Eis que está a fotografia que não deixa mentir, o tempo voa, mas a mesma deixa a intrigante reação de um tempo que demora, quando se fala na saudade, no que está distante ou de momentos tão bons. Porque tem isso, tempo demora para quem ama. A poesia a vida. Em relatividade, são duas situações quando se fala de filho, de amor maior, de maternidade. O tempo é companheiro das mães. Um mês não passa ligeiro, mas um segundo faz a diferença. Na presença de um filho, parece que eles crescem tão rápido, mas que ausência, serão sempre nossos bebês. 

Meses de repouso, dias de internação, outros na UTI, cada dia foi um dia, como foram grandes estes momentos, maior o contentamento da mamãe todo dia vendo os pequeninos crescerem. E para Deus não há tempo, se não a hora certa, o amor eterno, aí está a obra. Bom saber que o tempo passa, mesmo que demore na ansiedade e nos dias de saudades, tempo maior é o amor. E os dois no seu tempo (Levi e Leonel).

Le Leo

Enquanto dormes Deus ama,
quando tem pressa Deus tem seu tempo
quando tem uma pausa Deus está contigo

E estes dias foram tão intensos quanto o amor, e eis que tudo tem mesmo seu tempo, seu momento. Aprendizado de amor é pausa de Deus, o tempo que passa sim além de todas as nossas inquietações ou medo. Me lembro que há nove anos, num julho, agosto e setembro, passei dias num hospital, numa destas “escolas avançadas de Deus”. Quando você está em um hospital, numa UTI, como é raro o tempo, e quão valioso ele nos torna. Longo são os dias, maior tem que ser a esperança, tão maior o desejo pela vida. 

Ano de 2008,minha mãe estava numa fase terminal de um câncer, e parei tudo para cuidar dela, não só, mas para ter como ela seus últimos dias, entre hospital e sonhos, aprendi que a vida é dom de Deus. E em 2014, a mesma coisa, numa gravidez de alto risco, o diagnóstico de que poderia perder meus meninos, com a certeza que a vida pertence a Deus, vivência aumenta e muito a nossa fé. O fato de ontem é o que nos move nos atos de hoje, assim é a crônica do tempo e seus ventos.  

O tempo é do Senhor, a vida é dom de Deus
É de família, em família, debaixo da graça e do amor do Criador!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s