Sonhos e realizações,entre aspas

István Lugosi

 

As grandes impressões que perdemos quando crescemos são aquelas expressões carregadas de nossa face, demonstramos sem medos quando sentimos algo bom, ruim, dúvida, tristeza. Atitudes carregadas, sinceridade e também um tanto de encenação. Aos poucos sabemos até fazer um teatro, com a face, mas um bocado com as palavras. E que controle temos nos nossos sonhos?

Viver só pelos desejos pode nos deixar um tanto arrogante, mas desistir deles nos faz um tanto idiotas. Que equilíbrio dispor entre nossas vontades e a força do vento. Carregar o peso de não tentar algo pelas dificuldades é tão pior do que mudar o rumo, aprendendo com as possibilidades que a vida nos proporciona. Horas, dias e momentos, as coisas mudam, interesse, preocupação, mas quem tem sonho como essência sabe aproveitar cada segundo. 

Andar, correr ou ao mesmo ter um momento, pausa para respirar, que rumo devo agora prosseguir? Se não sabes respeitar isso vai perder a melhor parte, a que diz a respeito ser feliz pelo que és, pelos que consegues ser mesmo possuindo ou não algo que lhe trará uma dose a mais de felicidade, pela conquista ou pela experiência. 

Qual é o seu momento? Sonho, realização? Que tal uma pausa para pensar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s