Amor mais que dobrado

DUPLO

Já falei um pouco dos gêmeos, Levi e Leonel. Primeiro a explicação da não regularidade por aqui, fiquei um bom tempo internada, devido a um problema na gravidez, tive que fazer uma cirurgia e tive uma gravidez de risco, que me fez ficar um bom tempo no hospital. Não foram momentos simples, pelo contrário, como foi complicado. E devido a prematuridade, os pequenos ainda estão internados, bem, muito bem, graças a Deus, surpreendendo os médicos a cada dia, crescendo muito, se fortalecendo, e como decidi amamentá-los e também, não consigo desgrudar, fico boa parte do tempo com eles, até porque é difícil desgrudar dos mais fofos gêmeos que vi (os meus!).

Nunca pensei em ser mãe de gêmeos, já convivi com gemelares, filhos de amigos e por outras eventualidades, mas pensar em ter dois filhos de uma vez jamais. A herança genética veio da minha família parte de pai, duas gerações anteriores teve gêmeos, ninguém pensou nisso. E numa gravidez rápida, surpreendente, natural, dois meninos.
Tudo ocorreu muito bem, alimentação saudável, trabalho e vida normal, até quando na 24ª semana descobrimos que estava com polidrâmnio, excesso de líquido amniótico, que esticou muito o útero, devido a uma  Transfusão Feto Fetal,provocada por um septo que surgiu na bolsa dos bebês, dividindo-os, fazendo que eles trocassem líquido.(Eles não chegaram a trocar sangue, porque fiz a cirurgia antes,septoplastia).

Daí foram dias, meses, entre internação, muitos remédios, repouso absoluto, e fé para que eles pudessem nascer bem. E por Deus, foi exatamente o que aconteceu, eles nasceram numa cesárea de urgência, quando estava com dilatação total, porque devido a posição em que estavam, não tinha como ser um parto normal. Levi, nasceu às 24h35 e Leonel, nasceu às 24h37, não precisaram ser entubados, graças a Deus, se recuperam muito bem, ganhando peso e vencendo as apnéias da prematuridade (bebê dorme e esquece de respirar, por achar que ainda está no útero).

9289a4a63a5b28e2d2aa2a5604b6fe2b

Ter um bebê é surpreendente, dois, realmente é muito interessante. Por serem idênticos, um tanto intenso, porque são bem parecidos, muito mesmo, chegam a surpreender os médicos, mas com características bem diferentes. A foto acima ainda não é deles, como ainda estão na UTI, mesmo não usando aparelho para respirar, há uma série de regras quanto a higiene, evitar contaminação, ainda mais com celular e demais equipamentos fotográficos. Como estão se recuperando bem, logo podem sair, aí fica mais tranquilo até para o convívio em família, momentos mais pertinhos da mamãe e fotos.

Enquanto isso, desfruto de dois lindos, de cabeludinhos lindos, que amam dar sorrisos para mamãe. Levi, calminho, “ligado”, ama estar unido com a mamãe. A primeira vez que trocamos olhares, não dormi, de tanta doçura do amor que senti. Leonel, meu pequeno leãozinho, personalidade marcante, daqueles conquistadores. Lutadores, amáveis.

Até mais : ), e a felicidade de ter este milagre, a vida dos meus filhos, após uma gravidez muito complicada, a graça de um Deus que atendeu as orações e nos deu muito amor, alegria mais que dobrada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s