O que te faz mesmo feliz?

Image

“Cheguei ao mundo sem ter nada,
dele não levo nem a sombra.
Eu tô aqui pra dar risada e pra tirar onda.
Felicidade não se empresta,não se pechincha
e não se compra. 
Eu tô aqui pra fazer festa e e pra tirar onda.”

Gosto mesmo de um bichinho, legal um amicão, um gatinho, mas é possível ter também calopsita. Como tenho cachorro, dois ciumentos, não tem como ter outro companheiro para evitar acidentes. Mas acabo mimando os bichinhos dos outros, como as calopsitas dos meus amigos, seus felinos e os répteis também. É possível ter réptil? Sim, de forma segura e legal.

Réptil como animal de estimação

Já convivi com lagarto, ótima companhia para crianças, principalmente meninos agitadinhos (pura energia), eles são carinhosos. O que não vale, e de forma alguma, comprar no mercado paralelo, os chamados traficantes de animais. Além de ser crime, não vale incentivar uma atividade cruel. Necessário, porque não são todas as espécies que devem ser colocadas em cativeiro, além de que é preciso o controle quanto a exemplares chamados “exóticos”. Não tente, de maneira alguma, criar com cachorro, pois o risco de acidentes com mortes é grande e inevitável. Eles são ágeis, gostam de se movimentar, tanto o gato quanto o cachorro sempre verão o “companheiro” como presa.

Image

Lagartos e tartarugas devem ser comprados de criadores legais, regulamentados pelo Ibama, essencialmente. Os dois necessariamente precisam de aquaterrário, quase uma estrutura de aquário, com a diferença que uma parte com solo (rocha,terra e planta) deve estar presente. Eles precisam de banho de sol, alimentam de frutas e carne moída, mas tem ração específica e demais cuidados nas lojas especializadas. Não se pode criar exemplar nativo (jabuti,tartaruga marinha e com risco de extinção), as de cativeiro são as tartarugas de lagoa. Podem ser receptivas aos humanos se tiverem seu espaço respeitado. Eles podem viver, em média, de 12 a 30 anos, sem grandes custos. Uma opção boa para quem tem pouco tempo para cuidar de um bichinho, já que eles são mais independentes e para quem mora em espaço pequeno ou onde são proibidos cachorros e gatos.

“Eu tiro onda pra onda não me tirar.
Eu tiro onda pra onda não me afogar.
Tenho aliado lá em cima,
que em minha alma faz a ronda.”

Amigo de todas as idades

Nada como uma boa companhia, meu sogro tem mais de 80 anos e tem um teckel que é uma graça, Chico, amigo que deixa a vida dele mais divertida. Assim como a dona Irene, uma senhora amiga que tem seu cachorrinho como vigilante e amigo fiel. Faz bem receber e dar amor, para saúde física e mental. Os cuidados devem ser quanto a adestramento, por isso no caso dos idosos é melhor cachorros menores e obedientes a comando, como não pular e andar entre as pernas do dono.

Chico “carente no colo da minha sogra, dócil e carinhoso

Image

A imagem linda, dona Irene e seu cachorrinho fiel

Image

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s