Bem-vindo o amor,todo o amor!

Imagem

Acredito que é o terceiro artigo que faço aqui sobre Adoção e suas histórias lindas de amor. Como já expliquei um pouco como funciona, vou falar sobre uma boneca que chegou em nosso meio de vez. Não é bem na minha casa,mas de uns amigos bem próximos e de uma garotinha linda.

Não é a primeira história de amor nossa deste tipo, já vimos outras crianças e adolescentes chegarem em nossa família pela adoção. Não vou colocar foto dela, até porque a adoção tem sim seus trâmites, não é do dia por outro, no mínimo se tem um ano da chamada guarda provisória. Faz bem para criança, também para os pais, é um momento para se conhecer, para estreitar laços. Uma burocracia necessária.

Imagem

Sei que ainda há muito preconceito quanto a adoção, mas como todo’ pré conceito’ são mais fantasmas que rodeiam  e que podem ser sanados com dose de informação. Filho adotado é filho, não é filho dos outros que está sendo criado, é filho mesmo. O resultado de uma relação entre pai e filhos vai depender do amor dispensado, da educação, limites e respeito. Filho de sangue pode ser grande decepção, adoção nunca pode ser símbolo de desconfiança. Filho adotado não é melhor e nem pior, é a mesma coisa, é filho.

Em toda relação, o importante é o amor, assim como não é fácil receber um recém-nascido em casa, que necessita de adaptações, conhecimento, adoção é da mesma forma. A sociedade deve e pode participar mais do cuidado das nossas crianças, há inúmeros pequenos em abrigos, muitos que precisam deste remédio ótimo para serem bons cidadãos e ótimos seres humanos, amor.

Acredito que não é só responsabilidade do Estado, mas de toda comunidade, no cuidado com pequenos vítimas do abandono, da miséria, da violência. O crack é um exemplo de cruel, vem crescendo o número de crianças abandonadas, de bebês a maiores vítimas desta epidemia, em abrigos em todo país.

Não há tanta dificuldade assim no processo, como pensam, o amor é suficientemente necessário, assim como a disposição. Primeiramente começa com informação sobre adoção e o fim do preconceito. Conheça abrigos, conheça mais sobre o processo de adoção, que não é um favor, muito mais do que isso, é um filho que nasce no coração, tão filho como um filho deve ser mesmo.Casais nacionais tem preferência na adoção, mas estrangeiros podem adotar também, seguindo algumas regras estipuladas pela legislação.

P.S. Tem outros artigos sobre adoção por aqui, mas se há dúvidas procure Ministério Público da sua região, há vários projetos inclusive de apadrinhamento de crianças e de guarda provisória, e crianças lindas para se ter por perto, amor é tudo de bom mesmo.

Seja bem-vinda linda, com todo amor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s