Seguindo a estrada que importa

Imagem

Ser mais sério, um tanto óbvio
Ter mais firmeza, palavras, mas não ódio
O caminho pode ser de atalhos mas pra que seguir por eles?
Se fugir a luta não vai se fortalecer
Nem sempre as coisas são como são
Normalmente são como devem ser

Só sei que eu não me engano
Quando vejo muito brilho nem sempre me assombro
Um latão em exposição pode luz do Sol de um tanto
Mas é frágil, um metal barato que só causa estrondo.

Tão pouco me vale a pena muito ouro
Riqueza não traz glória e tão pouco sossego
Vale é caminhar pelo caminho na imensidão do outro
Porque o amor vale o mundo, o resto só que tem desapego

Não me vale ganhar, prefiro chegar
Ter o respeito, o amor, se vale pena algum lugar
O melhor com certeza é amar

Sei que caminho nem sempre é estrada
Que nem sempre somos o outro
Caminhar significa pedras, espinhos e flores
E ser nós independe disso, depende do que temos como tesouro.

De todas saudades, de todos caminhos há sempre o que melhorar
Lembro minha infância, minha mãe, dores e amores
Lembranças são coisas boas para fazer andar
Deus é melhor companhia, livra de todos temores.

Versinho daqueles dias, bons ou ruins, que tudo fica bem quando se tem fé.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s