Alto e bom som,valores humanos

Imagem

Talvez entre os personagens bíblicos, Abraão seja o mais conhecido, a aliança que Deus faz com um homem, falho, já em idade adulta, de que ele seria pai de nações. Talvez pelo seu valor agregado histórico muitos sabem do caminho de fé de um homem diante a um Deus. Mas, por ele, muito aprendemos sobre valores, sentidos humanos que devem ser pensados não só naqueles dias, mas também muito no dia de hoje.

Honestidade não devia ser manchete de jornal. Aquelas pessoas, nossa que tão pobres, cheia de dívidas, que achou uma boa grana e foi atrás devolver. De gente que achou uma carteira durante a viagem e procurou informação na Internet para entregar ao dono documentos e câmera digital. São exemplos que deveriam ser rotineiros, ao ponto de não valer pauta de notícia. O que normalmente é comum, todo mundo faz, não é notícia. Porque ser honesto, ter caráter não deveria ser regra, mas algo de comum participação.

Mas falando em valores humanos, a imagem com o fone de ouvido não foi num artigo sobre boas músicas. Porque assim como respeito ao próximo, caráter, honestidade, muitos outros valores tinham que ter alto e bom som. Não serem exemplos, mas ser essência. Um bom nome, boa fama, não se faz de um dia para o outro, por mais que se aperfeiçoam o marketing, por mais que se tente investir muito alto. Valores assim são peculiares, qualquer deslize, muitas máscaras caem. Mas quando são sólidos em formação, não é o que diga e o que se publica, acredite, vão surgir as dúvidas. “Conhecendo aquela pessoa, duvido que o ato seja dela.”

Valores humanos são disseminados durante toda uma vida, e tem muito com postura. Como é que Abraão conseguiu mudar não só o seu nome de Abrão, de fato não foi fácil, um homem de riquezas, ter que abandonar muitos valores, entre eles, coisas quais ele acreditavam que eram certos, o conflito é diário, para isso tem-se postura, escolhas. E de um sim e um não, faz uma divisão.

Você pode ter seus erros, de fato vai errar mesmo, como filho, como pai, como filha, como mãe, com seu próximo, com alguém superior ou inferior a você, numa situação, mas a postura diante um erro, após a ele, por exemplo, pode definir sobre caráter. E assim vai ser em todas as situações, no trabalho, na vida social, na escola. É a sua essência que você leva contigo, que vai decidir que você vai depredar um patrimônio público, colar na prova e mesmo colocar fogo num índio. Por isso tudo, seja qual tipo de música você escuta, qual roupa gosta de usar, se acredita em algo ou não, na vida em alto e bom som, que sejam os valores humanos, que é a diferença entre você e qualquer outro animal que não tem raciocínio persuasivo e distinto.

Andar de ônibus está ficando complicado, infraestrutura está horrível, mas nada pior do que a barbárie, não justifica e nunca resolveu. Se tem algo que se perde a razão e a falta do raciocínio.

“Quando Abrão tinha noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e lhe disse: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença, e sê perfeito;e firmarei o meu pacto contigo, e sobremaneira te multiplicarei.”
Gênesis 17:1-2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s