Adventos sobre a verdade

Imagem“Promete dizer a verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade?” A resposta a essa pergunta é óbvia, concorda? Nunca ouvi ninguém responder NÃO a essa pergunta. Todos dizem “SIM”! A filosofia fala sobre a construção da verdade e por fim definem que existe uma “vontade de verdade”. Bonito não é? A filosofia diz que há um desejo de se obter, de se conhecer, a verdade. A “vontade de verdade” é a busca por algo seguro e sólido em que possamos nos respaldar e nos apoiar, produzindo certezas, construindo conhecimento (Nietzsche, 2008). Essa “vontade de verdade” nos protege contra os elementos imprevisíveis da vida. Nesta busca há um choque de interesses próprios e as pessoas “constroem” suas verdades!

Talvez por ter em mente que há uma atmosfera de interesses na busca pela verdade é que o governador Pilatos questionou sobre a “verdade” durante o julgamento de Jesus Cristo! Penso agora que talvez a pergunta dele (O que é a verdade? João 18.38) tenha sido irônica!

O conhecedor do mal executado obrigatoriamente deverá assumir uma postura diante do “crime”: ficar a favor da vítima ou do criminoso. Dizer a verdade aqui é simplesmente apresentar o conhecimento adquirido sobre o que ocorreu. A verdade é, portanto, a pura realidade presenciada. “Falo o que eu vi!”. Qualquer postura diferente desta certamente não diz respeito à “verdade”.

Se você anda em conformidade com o mundo, sua verdade será aquele ponto de vista que melhor te convém! Normalmente é a postura que te beneficia. Essa é uma verdade relativa, mas não é a Verdade que tem a motivação de Deus. Pilatos falhou porque foi um homem que, embora convencido e convicto da Verdade, tentou agir sem o poder de Deus! Preferiu o que era melhor para si mesmo, ele construiu sua própria verdade!

Você sempre tem disposição em ficar do lado da verdade ou sua verdade é relativa?

Jesus Cristo disse: “(…) Todo o que é da Verdade ouve a Minha voz” (João 18.37b)

Se omitir diante do mal é tornar-se participante deste mal. Não deve existir confusão entre seus interesses pessoais e a Verdade que liberta. Hoje é dia de dizer a verdade e nada mais do que a verdade! ( Hagton)

“If anyone sins because they do not speak up when they hear a public charge to testify regarding something they have seen or learned about, they will be held responsible” (Leviticus 5.1 NIV)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s