Uma esperança que se renova

Imagem

Isto deve ter acontecido com quase todo mundo. Planejar algo, buscar algo e após um longo tempo ter um resultado bem diferente do esperado. E quando aparece um novo rumo, algo que você nem esperava? Coisas assim ocorrem. Ainda mais quando trata-se de um sonho qual deixara de pensar, um desejo que ficou guardado no coração.

A gente corre atrás de muitas coisas, e na maioria das vezes, é correr atrás do vento. Vaidade. Tenho pensado sobre isso nestes dias quando algumas propostas surgiram, em meio há tantas possibilidades e novidades, é bom tirar um tempo para refletir qual é a melhor decisão para se tomar.

Confesso que nem sempre as mudanças são boas, algumas respostas são desanimadoras. Passar pelo mesmo caminho recorre de muita fé, é preciso ter fé na persistência. E ter fé é subir uma escadaria, muitos momentos não é possível ver os degraus. Não dá para pular dois intervalos de uma vez, é um por um.

Não é fácil algumas decisões, tão pouco é interessante a derrota, desagradável é não conseguir chegar até o final, na linha da chegada. Mas nada disso incomoda mais do que a falta de sabedoria. É preciso ser sábio para escutar coisas desagradáveis, tem pessoas que vão te incomodar, tem dias que a sua paciência passa por testes surpresas ( de química – única matéria qual a CDF que vos escreve sempre se deu muito mal!).

Chorar pode até aliviar a pressão, mas alivia a alma ter fé, uma batalha não significa uma guerra. Vai ter momentos que é preciso ficar só, somente você é Deus, isto basta. Porque em qualquer parada, é bom saber quem sempre vai estar por perto, que vai sempre saber o que é melhor para você. E uma situação hoje te fortalece para outros dias. Não é todo mundo que tem a persistência, só quem exercita a fé.

E num período com tantas coisas surgindo, uma janela que se fecha não tira a luz de uma porta que se abre. O melhor caminho sempre vai ser o seu, o que é para ti. Vai ter dias difíceis, entre as nuvens, porém acredito que sempre vai ter Sol, mesmo se estiver chovendo. Tem pessoas que vão ser mesmo bem complicadas, mas se nem os dias são iguais, não vão ser as pessoas que serão … melhor é ficar em silêncio. Porque o dia de amanhã pertence mesmo a Deus.

Gosto deste Salmo, principalmente do final, que é uma destas subidas onde não se tem degrau, somente tem-se a fé, no que basta, na graça de Deus.

“Mas eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação.
Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem. “
Salmos 13:5-6

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s